A Garota do 14 de Julho, de Antonin Peretjatko

???????

:: Filme na programação da Mostra SP ::

O primeiro longa-metragem de Antonin Peretjatko é um petardo de gás hilariante que vai cair no seu colo no início, meio e fim da sessão. Absurdo, nonsense, apaixonado, acelerado, nouvelle vague. Se todas essas palavras couberem num liquidificador, então é essa daí a vitamina do dia.

Aliás, referências não faltam nessa comédia que passou pela Quinzena de Realizadores em Cannes deste ano. Achamos no caminho não apenas as moças de Godard, mas aqueles personagens de uma ingenuidade louca presentes nos filmes dos irmãos Zucker (mais conhecidos por Apertem os Cintos, o Piloto Sumiu e pela franquia Todo Mundo em Pânico). Tem espaço até pro DeLorean de De Volta para o Futuro.

O argumento é clássico: rapaz se apaixona por moça, moça se apaixona por rapaz. Mas depois de uma viagem entre Paris e a praia, seus caminhos atrapalhadamente se perdem e começa a procura de um pelo outro. O título tem esse nome porque a moça em questão é vista pela primeira vez no celebrado 14 de julho francês, a data da Queda da Bastilha. Em tempo: ela veste um vestido azul. Tal qual aquele que Rick (Humphrey Bogart) lembrava de ter visto pela última vez no corpo de Ilsa (Ingrid Bergman).

Dessa centelha romântica o diretor vai construir piadas muito bem sacadas sobre absolutamente tudo que estiver a seu alcance. De Chekhov a Kafka, da Crise na Europa à Crise do Macho Solteiro, de Nicolas Sarkozy a François Hollande: o escopo é largo mas muito bem aproveitado. Aliás, a França em si e suas idiossincrasias são a vítima predileta do diretor. A gente apenas agradece.

Filmado em 16mm, o que já faz desse filme uma raridade por si só, A Garota do 14 de Julho é cheio das fusões de cenas, imagens em fast forward (nesse estilo, os créditos de abertura ganham menção honrosa) e uma sonorização brilhante e nostálgica. Traz ainda de brinde uma linda sequência nublada no desfecho da história. Uma rara comédia de autor e uma rara estreia em longa tão bem acertada.

E saibam que as pessoas da sala de jantar… estão ocupadas em jogar sopa de tomate na toalha da mesa.

Anúncios

comente-me camaleoa

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s